sexta-feira, 31 de agosto de 2012

UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO !


SOBERANO 2 - CONQUISTA DO MUNDIAL DE 2005


MENSAGEM PARA UMA EQUIPE QUE PRECISA DAR A VOLTA POR CIMA


FLAMENGO EMPATA EM VOLTA REDONDA COM O SPORT CLUBE DO RECIFE


Flamengo sai na frente, mas tropeça no Sport em casa

Publicação:

30/08/2012 23:24
O Flamengo decepcionou sua torcida ao empatar com o Sport por 1 x 1 em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Com o resultado, o time da Gávea chegou aos 27 pontos e agora ocupa a décima posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O Sport subiu para a 18ª posição e aumentou seu jejum de vitórias, já que não consegue somar três pontos desde a nona rodada.

O resultado foi justo porque o Flamengo encontrou muitas dificuldades para superar um adversário aguerrido que não deu espaços ao time da Gávea e ainda criou algumas dificuldades com a velocidade dos seus atacantes.

Na próxima rodada o Flamengo enfrentará o Internacional no Beira-Rio. O Sport receberá o Santos na Ilha do Retiro.

O jogo
O Flamengo começou a partida no ataque e já conseguiu criar a primeira jogada de perigo aos cinco minutos, quando Negueba chutou da entrada da área e mandou para fora. O lance animou o time da casa e, no minuto seguinte, Welinton fez lançamento longo para Vagner Love e o goleiro Magrão, que completou 400 jogos com a camisa do Sport, teve que sair com os pés para aliviar o perigo.

O time pernambucano respondeu aos sete minutos em boa jogada de Hugo, que driblou três adversários, mas errou na hora do cruzamento, desperdiçando a oportunidade.

O domínio da equipe comandada por Dorival Júnior se transformou em gol aos 13 minutos. O ataque trocou passes em velocidade e Thomás, depois de fazer boa jogada, rolou para Ibson bater com força para vencer Magrão.

O time visitante foi para a frente e alcançou o empate aos 19 minutos. O meia Hugo recebeu na esquerda, invadiu a área do Flamengo e chutou cruzado. A bola bateu na trave e sobrou para Felipe Azevedo completar para as redes. O Sport não marcava um gol desde a 12ª rodada, quando empatou com a Ponte Preta por 1 x 1, no dia 25 de julho.

Surpreendido pela igualdade, o time carioca voltou a pressionar enquanto o Sport tentava tocar a bola para segurar a pressão da equipe da casa. Aos 26 minutos, o Sport voltou a assustar: Cicinho entrou pela direita e cruzou para Gilsinho, que se atrapalhou na hora de concluir e perdeu ótima oportunidade.

Só aos 31 minutos é que o Flamengo voltou a criar dificuldades para a defesa do Sport. Léo Moura fez ótimo lançamento para Vágner Love, que ajeitou de cabeça para Ibson que preferiu não concluir e passou para Thomás chutar e mandar a bola longe do gol defendido por Magrão. O lance animou a equipe carioca, que voltou a ameaçar aos 33 em boa jogada de Vágner Love que se livrou da marcação e bateu sem perigo.

O Sport parecia mais preocupado em bloquear as investidas da equipe carioca e só buscava o ataque em lançamentos para Gilsinho que não conseguia sucesso nas tentativas individuais. E aos 39 minutos, o Flamengo desperdiçou outra oportunidade quando, após cobrança de escanteio, Ibson, inteiramente livre, cabeceou para fora. Logo depois, o Sport perdeu o volante Renan Teixeira que sentiu uma lesão e foi substituído por Tobi.

O Sport começou o segundo tempo se mostrando mais agressivo e utilizando principalmente as investidas de Cicinho pela lateral direita. Aos seis minutos, Cicinho tentou encobrir o goleiro Felipe de longa distância, mas a bola subiu demais. O Sport estava melhor em campo e aos sete minutos, Hugo deu um passe preciso para Felipe Azevedo que chutou mal e desperdiçou a chance de colocar o time pernambucano na frente.

Logo depois do lance, o técnico Dorival Júnior decidiu mexer no sistema tático da sua equipe e trocou o volante Cáceres pelo atacante Liedson. A torcida não gostou da mudança e chamou o treinador de "burro".

Aos 13 minutos é que o Flamengo criou sua primeira chance de gol na etapa final. Thomás arriscou de longe e a bola acabou nos pés de Vagner Love, que chutou mal e desperdiçou a oportunidade. No minuto seguinte foi a vez de Luiz Antônio chutar com grande perigo. A resposta do Sport foi rápida. Moacir cruzou e Felipe Azevedo acertou bela cabeçada, mas o goleiro Felipe fez ótima defesa.

O técnico Waldemar Lemos trocou de uma vez os dois atacantes do Sport entrando Henrique e Gilberto nas vagas de Gilsinho e Felipe Azevedo. Dorival Júnior respondeu da mesma forma colocando Adryan e Botinelli nos lugares de Thomás e Negueba que estavam rendendo pouco.

Aos 19 minutos, o Sport que jogava melhor, desperdiçou outra oportunidade. Após dividida entre Gilberto e Welinton a bola sobrou para Hugo que concluiu mal quando tinha tudo para marcar. O Flamengo melhorou de rendimento e aos 26 minutos, Liedson acertou um belo voleio e Magrão fez ótima defesa, salvando o Sport. Magrão voltou a aparecer bem aos 32 em chute violento de Botinelli de dentro da grande área.

A pressão da equipe carioca aumentou e o Sport encontrava cada vez mais dificuldade em sair da pressão. Só aos 40 minutos é o Leão da Ilha chegou com relativo perigo em cobrança de falta de Gilberto que Felipe defendeu sem problemas.

No final, o Flamengo pressionou, mas mesmo com um homem a menos, já que William Rocha foi expulso, o Sport soube segurar a pressão e garantir o empate.

Ficha técnica
Flamengo 1 x 1 Sport

Local:
 Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 30 de agosto de 2012 (Quinta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Tatiana de Freitas (Fifa-RS)
Cartões amarelos: Vagner Love (Flamengo) e Henrique, Rithely e Hugo (Sport)
Cartão vermelho: William Rocha (Sport)

Gols: Ibson aos 13 minutos do primeiro tempo; Felipe Azevedo aos 19 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, Marllon e Ramon; Víctor Cáceres (Liedson), Luiz Antônio, Ibson e Thomás (Adryan); Negueba (Bottinelli) e Vagner Love
Técnico: Dorival Júnior

SPORT: Magrão; Cicinho, Edcarlos, Diego Ivo e Willian Rocha; Renan Teixeira (Tobi), Rithely, Moacir e Hugo; Gilsinho (Henrique) e Felipe Azevedo (Gilberto)
Técnico: Waldemar Lemos

SÃO PAULO GOLEIA O BOTAFOGO NO MORUMBI

São Paulo vence o Botafogo por 4 a 0

Treinador diz que São Paulo está crescendo no momento certo

Leo Barrilari / Agência Estado


Entrosamento de Luis Fabiano, Lucas e Jadson é elogiado por Ney

Uma atuação praticamente perfeita. Foi dessa maneira que o técnico do São Paulo, Ney Franco, analisou a goleada de 4 a 0 sobre o Botafogo em partida realizada na noite desta quinta-feira, no estádio do Morumbi. Para o comandante são-paulino, o time foi bem em todos os aspectos, tanto defensivamente quanto ofensivamente.

– Desde o período em que estou aqui, tivemos bons jogos. Cito o 4 a 1 sobre o Flamengo e a vitória sobre o Sport, quando ganhamos por 1 a 0, mas o Magrão fez milagres. (Contra o Botaofog) Soubemos a hora de marcar forte, a hora de recuar a marcação. Chegamos bastante ao ataque, finalizamos muito. O entendimento do Jadson com o Luis Fabiano é cada vez melhor. O time foi consistente, não sofreu sustos. Foi praticamente perfeito – afirmou o treinador.

Para Ney Franco, a produção da equipe e a sequência de vitórias fazem o treinador acreditar que é possível entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro e até brigar pelo título.

– Estamos começando a engatar uma sequência de vitórias no momento em que ficamos a um ponto do primeiro integrante do G-4 e a dez do líder. Isso é positivo. Nossa situação é bem diferente da que existia no começo do mês, quando tínhamos muitos problemas. Hoje sobram opções para montar a equipe e isso deve ser muito comemorado – ressaltou.

Com a vitória sobre o Botafogo, o Tricolor chegou aos 34 pontos na tabela de classificação, um a menos que o Vasco, quarto colocado. O time voltará a campo no próximo domingo, contra o Bahia, em Pituaçu. 

FONTE MÍDIA NEWS



SER VOLUNTÁRIO É SHOW DE BOLA - COPA DO MUNDO 2014


CORINTHIANS E ATLÉTICO LIDERAM O RANKING DE PÚBLICO NO BRASILEIRÃO


CORRA POR UMA PAIXÃO - FUTEBOL RUN


GOLD MEDAL WINNER 2012


LEMBRANÇAS DO SANTOS FUTEBOL CLUBE


MICHELE FERREIRA É BRONZE NO JUDÔ 52 KG EM LONDRES 2012


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

SÃO PAULO PEGA BOTAFOGO NO MORUMBI


São Paulo pega Botafogo priorizando de novo Brasileiro

Agência Estado


O discurso de abandonar o Campeonato Brasileiro e focar apenas na Copa Sul-Americana acabou. Após vencer o Corinthians e reduzir a desvantagem para o G4 para quatro pontos, o São Paulo inicia o segundo turno revigorado e encara o Botafogo, nesta quinta-feira, às 21 horas, no Morumbi, com uma excelente chance de se aproximar do pelotão da frente. Isso porque Grêmio e Vasco, respectivamente terceiro e quarto colocados, se enfrentaram nesta quarta e ao menos um dos dois perdeu pontos. Se fizer o dever de casa e superar o rival carioca, encosta de vez na briga.

A única  novidade ficará por conta do retorno do lateral-esquerdo Cortez, que cumpriu suspensão e entra na vaga de Paulo Miranda. Com isso a equipe abandona definitivamente os resquícios dos três zagueiros e passa a atuar no 4-4-2. Luis Fabiano e Rogério Ceni, que chegaram a preocupar por causa de dores musculares, estão confirmados. O goleiro chegou a ficar fora do último treino, mas vai para o jogo. O ataque será formado mais uma vez pelo camisa 9 e Lucas.

O técnico Ney Franco sabe que precisará de um segundo turno quase perfeito para sonhar com o título e isso passa por um aproveitamento maior de pontos dentro de casa. Sob o comando do treinador, a equipe perdeu dois dos seis jogos que fez no Morumbi (justamente contra Grêmio e Vasco, adversários diretos no G4) e o Botafogo venceu os últimos dois duelos na casa tricolor. Números que deixam o treinador alerta e reforçam a necessidade de atenção constante.

"Precisamos jogar no Morumbi como nas partidas contra o Flamengo, Ponte Preta e até mesmo na derrota para o Grêmio, onde fomos bem taticamente", projetou o treinador, que pode ter problemas para o próximos jogos, já que tem seis titulares pendurados com dois cartões amarelos: Lucas, Jadson, Luis Fabiano, Maicon, Douglas e Denilson.

Mesmo enfrentando um adversário com oito desfalques, entre eles Andrezinho, principal articulador da equipe ao lado de Seedorf, Ney Franco não espera vida fácil  no Morumbi. Em sétimo lugar na classificação, o Botafogo está a três pontos do São Paulo. "Sabemos que eles estão com alguns problemas de lesão no elenco, mas trata-se de uma equipe forte e que deve trabalhar dentro do G4 até o fim do campeonato. Precisa ser tratado como um adversário direto na briga pela Libertadores", alertou.

FLAMENGO CONTRA O SPORT PELO BRASILEIRÃO 2012


DANIEL DIAS GANHA O PRIMEIRO OURO PARA A NATAÇÃO DO BRASIL !


DEMOCRACIA CORINTHIANA 1981 A 1985


PARABÉNS AO TREZE FC PELO TRABALHO DE MARKETING PROMOCIONAL


SÃO BERNARDO FUTEBOL CLUBE - CAMPEÃO PAULISTA DA SÉRIE A2


CAMPEONATO BRASILEIRO 2012 - TROFÉU CRAQUE DO TORCEDOR


PREVENÇÃO DE ACIDENTES PARA NOSSOS TORCEDORES MIRINS


GRÊMIO RUMA FORTE NA DIREÇÃO DA CONQUISTA DO BRASILEIRÃO 2012


FUTEBOL FEMININO DO BRASIL NO SUB 17 FIFA EM SETEMBRO 2012


TORCIDA DO GRÊMIO CONFIA NO TRABALHO DA EQUIPE !


GRÊMIO COM APROVEITAMENTO DE CAMPEÃO !


Grêmio vence o Vasco e se aproxima dos líderes

Agência Estado


A noite desta quarta-feira foi quase perfeita para o Grêmio. O time gaúcho venceu o Vasco por 2 a 0, no Olímpico, viu o Atlético Mineiro empatar com a Ponte Preta e o Fluminense empatar com o Corinthians. Ainda está em terceiro no Campeonato Brasileiro, mas, graças à combinação de resultados, começou a sonhar com o título.
Agora o Grêmio tem 40 pontos e está a três do Fluminense e a quatro do Atlético-MG. O Vasco ainda é o quarto colocado, mas ficou com 35 pontos e perdeu terreno na corrida pela ponta da tabela.
No primeiro tempo o Vasco esperou o Grêmio em seu campo, foi eficiente na contenção das infiltrações tricolores, mas, ao mesmo tempo, não encontrou o caminho do contra-ataque e não concluiu com perigo nenhuma vez. Bem marcado, o time gaúcho levou meia hora para assustar o adversário. Aos 32 minutos, Marquinhos deixou Kléber em condições de marcar, mas o goleiro Fernando Prass conseguiu abafar o chute.
O primeiro gol saiu de bola parada, aos 41 minutos. Marquinhos cobrou falta mandando a bola na área. Fernando Prass fez a defesa parcial e Marcelo Moreno, atento ao rebote, empurrou a bola para as redes.
No início do segundo tempo o Grêmio conseguiu ampliar. Aos 13 minutos, Kléber recebeu um passe de Marcelo Moreno e chutou rasante. A bola desviou em Dedé e enganou Fernando Prass.
Daí em diante o Vasco partiu para a pressão e chegou a ter três chances para marcar em apenas oito minutos, dos 25 aos 33. Alecsandro e Eduardo Costa desperdiçaram duas, chutando a bola para fora. Wendel acertou uma cobrança de falta, que Marcelo Grohe defendeu. Aos 42 minutos o Grêmio poderia ter chegado à goleada. Anderson Pico cruzou e Zé Roberto, de cabeça, mandou a bola no poste.
FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO 2 x 0 VASCO
GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Werley, Naldo e Anderson Pico; Fernando, Souza, Marquinhos (Marco Antônio) e Zé Roberto; Kléber (André Lima) e Marcelo Moreno (Leandro). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
VASCO - Fernando Prass; Auremir, Dedé, Douglas e William Matheus; Nilton, Eduardo Costa, Felipe (Wendel) e Carlos Alberto (Pipico); Willian Barbio (Tenório) e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.
GOLS - Marcelo Moreno, aos 41 minutos do primeiro tempo; Kléber, aos 13 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Leandro (Grêmio); Felipe (Vasco).
ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP).
RENDA - R$ 336.645,50.
PÚBLICO - 17.770 pagantes (21.758 no total).
LOCAL - Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

REAL MADRID CONQUISTA A SUPER COPA DA ESPANHA


SÃO BERNARDO FUTEBOL CLUBE - CAMPEÃO PAULISTA DA SÉRIE A2


HOJE TEM BRASILEIRÃO - SEGUNDO TURNO - VILA BELMIRO


TORCEMOS PARA A EQUIPE PARAOLÍMPICA DO SESI SÃO PAULO


GRANDE JOGO DE FUTEBOL NO ENGENHÃO


VITÓRIA VENCE O GRÊMIO BARUERI E É LÍDER DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO


Campeonato Brasileiro 2012 – Série B : Vitória vence o Grêmio Barueri por 1 a 0

29 de agosto de 2012

Por 

Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série B, o Grêmio Barueri, último colocado, enfrentou o Vitória, líder da competição, nesta terça-feira (28) e foi derrotado pelo placar de 1 a 0.
O resultado mantém a Abelha na parte de baixo da tabela, com dez pontos ganhos. Com 47, o rubronegro permanecerá mais uma rodada na liderança da Série B.
Uelliton recebeu de Pedro Ken e tentou o chute, logo no início da partida, mas a bola passou ao lado do gol do Barueri. O rubro-negro tentava chegar com perigo à meta adversária, enquanto que a Abelha buscava a resposta na marcação.
Gílson fez a jogada e passou a bola para Willie dominar e ser desarmado na hora da finalização. Aos 12, o Barueri respondeu no cruzamento de Márcio Pit que Anderson Sales bateu de primeira para fora. Pit voltou a fazer a jogada três minutos depois, para Marcelinho Paraíba mandar sem direção.
Uelliton bateu falta aos 20 minutos, em cima da barreira. Depois, foi a vez de Rafael Chorão tentar pela equipe paulista de cabeça, e por cima do gol de Deola. Aos 26, Pedro Ken dominou e arriscou a finalização, que passou ao lado da trave.
O rubronegro seguia buscando a pressão. Willie recebeu de Victor Ramos e tentou o chute, sem sucesso. Aos 35, nova cobrança de falta para os donos da casa e Uelliton mandou por cima do gol. Três minutos depois, foi a vez de Pedro Ken arriscar a bola parada, com a bola batendo na barreira.
Victor Ramos subiu para completar escanteio e quase venceu Fernando Leal na jogada. Depois, o Vitória teve pênalti marcado a seu favor quando André Luís acabou derrubando Gílson dentro da área. Pedro Ken cobrou, mas o goleiro da Abelha acertou o lado e fez a defesa.
Aos seis minutos do segundo tempo, o Vitória abriu o placar do Barradão. William fez o passe para Michel dominar, invadir a área e bater na saída de Fernando Leal.
William quase marcou o segundo logo depois, ao passar por três jogadores do Barueri e chutar rasteiro, com Fernando Leal ficando com a bola. O Vitória controlava a partida e procurava não abrir espaços para o time paulista contra-atacar.
Aos 25, Pedro Ken fez o cruzamento e Elton subiu para o cabeceio, sendo vencido por Alex Lima na hora da finalização. O ritmo da etapa final era marcado por muita movimentação, mas também por erros por parte das duas equipes.
Elton tentou o chute aos 32 e Fernando Leal defendeu. Aos 37, o goleiro do Barueri fez nova intervenção ao defender bola desviada por Victor Ramos em cruzamento de Pedro Ken.
Nos acréscimos, o Barueri tentou o empate em cobrança de falta de Anderson Sales afastada pela defesa e completada por Dionísio, que bateu para fora.
O Grêmio Barueri recebe o ASA na próxima rodada. O Vitória joga fora de casa contra o América (RN). Com informações da FPF.
Ficha técnica:
Vitória 1 x 0 Grêmio Barueri
Local: Manoel Barradas (Barradão), Salvador (BA);
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES/ASP-FIFA);
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES/ASP-FIFA) e Ramires Santos Cândido (ES);
Vitória: Deola; Nino (Rodrigo Costa), Gabriel, Victor Ramos e Gilson; Uelliton, Michel (Fernando Bob), Pedro Ken e Willie (Tartá); William e Elton.
Técnico: Paulo César Carpegiani.

Grêmio Barueri: Fernando Leal; Anderson Sales, Alex Lima, André Luis e Márcio Pit; Dionísio, Alê, Rafael Chorão (Tadeu) e Marcelinho Paraíba; Roger (Marcos Pimentel) e Henrique Dias (Roninho)
Técnico: Evandro Guimarães.

Gol: Michel (VIT) aos 6 do segundo tempo
CA: André Luís e Roger (GRB); Fernando Bob (VIT)
FONTE PORTAL BRAGANÇA

ATLETAS PARAOLÍMPICOS QUE SÃO ESPERANÇA DE MEDALHAS PARA O BRASIL


Conheça os atletas paraolímpicos que são esperança do Brasil em Londres 2012

Atualizado em  29 de agosto, 2012 - 05:36 (Brasília) 08:36 GMT
Sìmbolo dos Jogos Paraolímpicos, no Parque Olímpico
Brasil será representado por 182 atletas na Paraolimpíada de Londres, que começa nesta quarta
Eles podem não ser celebridades esportivas tão conhecidas quanto César Cielo, Neymar e Maurren Maggi, mas têm trazido diversas medalhas olímpicas para o Brasil.
Nos Jogos Paraolímpicos de Pequim 2008, o Brasil conquistou 47 medalhas (16 ouros, 14 pratas e 17 bronzes), deixando o país no 9º lugar na colocação geral do evento.

Com base em resultados recentes e a expectativa do comitê, a lista abaixo destaca alguns dos atletas mais cotados para conquistar medalhas para o país nesta Paraolimpíada, que termina em 9 de setembro:Em Londres 2012, o Brasil será representado por 182 atletas paraolímpicos, e a meta do Comitê Paralímpico Brasileiro é ficar entre os sete primeiros colocados no quadro geral de medalhas.

1) Daniel Dias

Daniel Dias
Daniel Dias é dono de cinco recordes mundiais na natação e será porta-bandeira do Brasil
Esporte: natação – classes S5, SB4 e SM5
Data de nascimento: 24/05/1988
Cidade: Campinas, SP
Estreia: 30 de agosto
Daniel, que nasceu sem os pés e as mãos e que nada desde os 16 anos, hoje, é dono de cinco recordes mundiais na natação, quebrados no último mundial, na Holanda.
Em sua estreia olímpica, em Pequim 2008, Daniel conquistou quatro medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze. No Para-Pan de Guadalajara, em 2011, ele levou 11 ouros. Em Londres 2012, ele disputará seis provas individuais, além dos revezamentos 4x100 livre e medley.
Você sabia? Daniel será o porta-bandeira do Brasil na abertura dos Jogos Paraolímpicos de Londres, em 29 de agosto. Ele é um dos quatro brasileiros que já receberam individualmente o Prêmio Laureus, o "oscar" do esporte, em 2009 (os demais são Pelé, Ronaldo e o skatista Bob Burnquist, além da seleção pentacampeã de futebol, em 2003).

2) Terezinha Guilhermina

Terezinha Guilhermina
Terezinha é a deficiente visual mais rápida do mundo nos 100m, 200m e 400m
Esporte: 100m, 200m e 400m na categoria T11 (deficientes visuais)
Data de nascimento: 3/10/1978
Cidade: Betim, MG
Estreia: 1º de setembro
A velocista conta que começou no esporte disputando provas de natação, mas passou para o que realmente gostava – o atletismo – quando ganhou um tênis de presente da irmã. Hoje, é a deficiente visual mais rápida do mundo, dona dos recordes mundiais nos 100m (12,04s), nos 200m (24,6s) e nos 400m (56,14).
Em Londres, participará de sua terceira Paraolimpíada. "Será a principal da minha vida. É para esta que me considero mais bem preparada" diz à BBC Brasil.
Você sabia? Terezinha compete com vendas coloridas, que viraram sua marca registrada. Ela trará oito vendas para Londres – uma para cada prova que deve disputar, entre eliminatórias e finais.

3) Daniele Bernardes

Daniele Bernardes
Daniele vai para sua terceira Paraolimpíada
Esporte: judô, categoria meio-médio (até 63kg)
Data de nascimento: 6/8/1984
Cidade: Ribeirão Pires, SP
Estreia: 31 de agosto
Daniele, que é deficiente visual, vai para sua terceira Paraolimpíada: já foi bronze em Atenas-2004 e em Pequim-2008.
Conquistou, ainda, medalhas nos dois últimos Para-Panamericanos (ouro no Rio-2007 e prata em Guadalajara-2011). O último Mundial da categoria também rendeu ouro para a judoca brasileira.
Você sabia? Daniele é filha de um treinador de judô, que a iniciou no esporte desde a infância e a treinou durante anos.

4) Jane Karla

Esporte: tênis de mesa
Data de nascimento: 06/07/1975
Cidade: Aparecida de Goiânia, GO
Jane Karla
Jane, que superou um câncer em 2010, diz que estar em Londres já é uma grande vitória
Estreia: 30 de agosto
Jane conquistou a vaga na Paraolimpíada ao ganhar o ouro no Pan-Americano de Guadalajara, em 2011. Ela também é dona de duas medalhas de ouro no Pan do Rio, em 2007. Em Londres, terá sua segunda experiência paraolímpica – já participou dos Jogos de Pequim, em 2008.
Jane teve pólio aos 3 anos, doença que atingiu seus membros inferiores. Experimentou vários esportes, mas apaixonou-se pelo tênis de mesa “na primeira raquetada”. Seu treinamento, diz, é semelhante ao de atletas como Hugo Hoyama, mas ela precisa de um esforço extra para fortalecer os músculos das pernas.
Jane teve câncer de mama, em 2010, ao mesmo tempo que sua mãe – que não resistiu a doença e morreu em maio. A atleta buscou forças no esporte para superar a perda e a própria doença. "Meu objetivo desde 2010 era estar aqui, em Londres. Às vezes duvidava. Então, estar aqui já é uma grande vitória", diz à BBC Brasil.
Você sabia? Jane é casada com um técnico do comitê paraolímpico, o alemão Joachim Gogel, que se mudou para Goiás por causa da brasileira.

5) Jeferson Gonçalves, o Jefinho

Esporte: futebol de cinco para deficientes visuais
Data de nascimento: 05/10/1989
Cidade: Candeias, BA
Jefinho, do futebol de 5 para deficientes visuais
Seleção busca tricampeonato em Londres 2012
Estreia: 31 de agosto, contra a França
A seleção brasileira de futebol de cinco para deficientes visuais busca seu tricampeonato em Londres 2012, após ouros em Pequim e Atenas.
O ala Jefinho participou da conquista em Pequim e está agora em sua segunda Paraolimpíada, depois de ter sido eleito o melhor jogador do mundo em 2010, ano em que o Brasil conquistou o mais recente Mundial da modalidade.
Você sabia? Jefinho, que perdeu a visão em decorrência de um glaucoma, compete no futebol desde 2003 pelo Instituto para Cegos da Bahia.

6) Dirceu Pinto

Esporte: Bocha
Data de nascimento: 10/9/1980
Cidade: Francisco Morato (SP)
Estreia: 2 de setembro
Dirceu estreou em Paraolimpíadas em Pequim 2008, com duas medalhas de ouro (nas provas individual e de duplas).
Dirceu Pinto
Dirceu tem duas medalhas de ouro dos Paraolímpicos de Pequim
O atleta cadeirante sofre de uma doença degenerativa muscular e joga bocha há dez anos. Além das vitórias em Pequim, ele conquistou ouros também na Copa do Mundo de bocha de 2011, na Irlanda do Norte, e no Mundial de Lisboa, em 2010.
Dirceu também trabalha como coordenador de paradesporto na prefeitura de Mogi das Cruzes (SP).
Você sabia? A primeira vez que viu uma disputa de bocha, Dirceu sequer sabia que era um esporte. "Pensei que fosse um tipo de tratamento (para pessoas com deficiência)", diz. Ele foi convidado a praticar a bocha porque não conseguia mais nadar, em decorrência de seu problema muscular.
"O paraesporte mudou a minha vida. Quando não conseguia mais nadar, achei que ia terminar meus estudos e ficar preso dentro de casa. Mas, ao começar a disputar a bocha, dentro de dois meses já estava viajando para participar de competições", conta.

CLUBE DO TORCEDOR O CLUBE DE TODAS AS TORCIDAS... 15000 PAGE VIEWS


DIA NACIONAL DE COMBATE AO FUMO


terça-feira, 28 de agosto de 2012

Rally dos Sertões 2012 - Salvini Racing é hexacampeã nos caminhões pesados!


CLUBE DO TORCEDOR O CLUBE DE TODAS AS TORCIDAS...


O CLUBE DO TORCEDOR CRESCE E É REAL. PRECISAMOS QUE OS TORCEDORES E TORCIDAS ORGANIZADAS BRASILEIRAS FAÇAM CONEXÕES E CRIEM UMA CULTURA COLABORATIVA. VAMOS FAZER ACONTECER? SIGA ESTE BLOG E SOLICITE SEU CARTÃO DO TORCEDOR NO WWW.CLUBEDOTORCEDOR.COM.BR . NOSSO CLUBE DO TORCEDOR É A VOZ ATIVA DO TORCEDOR BRASILEIRO.FALE COM SEUS FAMILIARES, AMIGOS E TORCEDORES NAS REDES SOCIAIS SOBRE O CLUBE DO TORCEDOR !

A REDAÇÃO


AYRTON SENNA - MARATONA DE REVEZAMENTO - 02 DEZEMBRO 2012


CORRO POR TI CORINTHIANS - 09 DE SETEMBRO - ESTÁDIO DO PACAEMBÚ


CLUBE DO TORCEDOR - SÃO BERNARDO FUTEBOL CLUBE


PAZ NO FUTEBOL


WORLD INTERNATIONAL SEMINAR SINMOO HAPKIDO 2012